domingo, 13 de janeiro de 2013

Volta a São Paulo, há que se aumentar a festa

Fui ao Rio novamente. Minha segunda cidade.
Há problemas de escalas na comparação das duas cidades, de imagem e de ritmo.
Vi na internet que perto de 25 blocos se organizam para o carnaval em São Paulo.
No ano passado que eu me lembro eram mais de 300 em vários bairros do Rio.
A cidade maior fica menor no carnaval. Eu adoro carnaval de rua de chegar num bloco e ir saindo sem compromisso sem fantasia ou com ela se quiser. Liberdade é a palavra. Essa forma do carnaval do Rio se expressa nessa palavra.
São Paulo podia crescer no que interessa, na festa de rua.
Esse é o sentido da vida urbana, organizar e promover a festa.
Outro aspecto que diferencia o carnaval no Rio é a mistura. Gente de todo tipo vai e se diverte.
Aqui somos mais segregados e isso se reflete na festa, na alegria.
São Paulo tem que oferecer mais dignidade nas ruas, se misturar mais. E festejar mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário