sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Uma pausa na vida urbana

Parei por cinco dias.
São Paulo ficou distante e pude ver o céu todo estrelado no meio do mato.
Pude ouvir o barulho da água de um pequeno riacho.
Tomar sol e sentir um calor morno e suave.
Pude viver sem TV, sem computador, sem celular, sem trabalhar.
Dormir sem barulho interno. Esvaziar a mente.
Queria poder fazer isso sempre.
O mato me lembrou meu pai e seu prazer em olhar o céu, os pássaros e e as árvores.
Ele sempre estava presente no seu momento. Acho que foi feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário