quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O desenho à mão em Projetos de equipamentos em São Paulo

Casa de Cultura- Ermelino Matarazzo 

O desenho vai informando sobre aquilo que desejamos ou não no projeto, um ir e vir com escolhas a todo momento que nos remete ao sonho, à fantasia de que o desenho contém um lugar que queremos construir. 

Esse é um dos métodos possíveis de garimpar opções como se estivéssemos esculpindo uma pedra. Inúmeras vezes erramos e outras tantas acertamos, mas sempre se perde e se ganha nas escolhas, como na vida.

As pedras que indicavam que o Rio Tietê  havia estado no terreno permaneceram até  a solução final na Casa de Cultura. Na escola José Olympio o entorno com graves problemas sociais trouxe um programa para os jovens com pista de skate e quadras externas, área para encontros musicais e "playground" para as crianças. No Sítio da Casa Pintada a ampliação traria a informática para os jovens. E na escola do Jardim Santa Fé se perdeu um campo de futebol em troca de um "campo society" e uma área para as crianças e as mulheres

Gosto das cores nos croquis pois elas criam códigos na definição dos espaços, criam ideogramas da mensagem que está sendo construída. 

São muitas voltas para se chegar a uma decisão até que enfim se cria um basta, é hora de parar no processo de mediação-criação. O programa também se constrói e se modifica através do desenho e quando ele amadurece a forma e o desenho se aprumam e os detalhes começam a aparecer e pode-se brincar com a forma e os desejos.

A estética assim toma corpo e o feio ou bonito começam a se delinear.




 Casa de Cultura- Ermelino Matarazzo 

 EMEF José Olympio - Capão Redondo

 Conversa entre arquitetos







 Casa de Cultura- Ermelino Matarazzo 

 Centro de Convivência Sítio da Casa Pintada, São Miguel Paulista

 EMEF Jardim Santa Fé 



                                                  Casa de Cultura- Ermelino Matarazzo 

Um comentário:

  1. Todos os desenhos dessa postagem são de minha autoria, podem ser reproduzidos desde que citada a fonte.

    ResponderExcluir