domingo, 16 de outubro de 2011

Durmo tarde. Fico arrumando os pensamentos, a casa, os livros, me organizando para um novo dia. Gostaria de fazer isso pela manhã, mas, não consigo.
Velhos hábitos difíceis de largar. Mas, a vida nova me chama para novos modos de fazer a vida. Meses não são nada diante de uma vida inteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário